Existe uma idade ideal para começar a consertar celulares?


Meu filho, minha menina, podem fazer o curso presencial para apreender a consertar celulares?
Essa dúvida é de muitos pais querendo iniciar seus filhos em alguma atividade que gere a independência financeira dos filhos.
Na verdade, sabemos que as meninas têm mais maturidade bem antes dos meninos.
Pela nossa lei antiquada um menino ou menina são adolescentes até 17 anos e se tornam adultos em nosso pais aos 18 anos.
Mas independentemente de ser menina ou menino seja qual for o gênero, depende muito da maturidade já alcançada pela pessoa.
Idade ideal para as leis brasileiras seria aos 16 anos, eles podem até votar!
Mas temos consulta de clientes cogitando em poder matricular seus filhos menores de idade a receberem aulas técnicas presenciais para meninos e meninas com idade inicial de 13 anos.
Mas nós da Recovery Cell acreditamos que na média de 15 anos seja uma idade ideal entre meninos e meninas, que já podem ir e vir no trajeto da escola com mais segurança e pela maturidade já alcançada.
Se os pais já entendem que seu filho já tem uma certa maturidade e pode apreender e desenvolver mais ainda o próprio crescimento como pessoa e profissional!
Sim então aos 13 anos ele ou ela já podem fazer e obter uma certificação no curso iniciante de reparo e manutenção de celulares e tabletes.

Perigo? Que perigo pode ocorrer durante o curso?
O curso está preparando com bancadas técnicas e com instalações e equipamentos adequados aos reparos.
Se utiliza óculos de proteção, e todos os equipamentos elétrico são aterrados, toda a manipulação dos equipamentos e detalhada aos alunos na primeira aula e desta forma ficam já capacitados em usar os equipamentos de acordo evitando assim acidentes.
Seu filho já acende o fogão de sua casa? Então ele está apto para começar a consertar celulares.
Ciente disso os pais devem fazer um documento junto a escola, atestando a matricula ou inscrição no curso, autorizando o filho a realizar o curso no período escolhido.

Nossa experiência com menor de idade foi com o aluno Rafael da cidade litorânea de Mongaguá/SP, que havia completado 16 anos e resolveu em suas férias escolares fazer o curso em nossa escola.
Seu avô foi o responsável e mantenedor onde se hospedou, no período do curso e podemos ver a facilidade que teve em apreender facilmente a fazer reparo já no segundo dia do curso.
Agora com o apoio do seus pais e avós já pretende abrir uma assistência técnica na cidade Mongaguá/SP, mas por enquanto trabalha em casa fazendo reparo de celulares e abrindo clientes em seu entorno.
O Rafael conta com nossa assessoria de 12 meses após a conclusão do curso, afim de obter orientações e ajuda em reparo de celulares, tanto por meio de nosso Whatsapp e ou pessoalmente em nossa escola aqui no Ipiranga/SP.
Estamos acompanhando o Rafael e outra aluna que está se mudando para Brasília/DF, mais notícias em breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Powered by